Passeios em Manaus: 11 dicas para viajantes urbanos e naturebas

Trilha na selva ou sorvete no parque? Confira um roteiro com dicas de passeios em Manaus para viajantes urbanos e também para quem ama natureza.


Df2fce338bc2c1dee1d7f0d5c7b6f8c7

Fev 13, 2019

“Minha vida é andar por este país, pra ver se um dia descanso feliz..."

Dicas de passeios em Manaus

Se você quer conhecer os encantos urbanos da capital amazonense, incluindo delícias gastronômicas e programações noturnas, este artigo é para você. Se sua vibe é banho de cachoeira e contato com natureza, olha que coisa boa, este artigo também é para você. 

Sim, lá tem encontro das águas, mas não falta selva de pedra. Existem todos os tipos de passeios em Manaus.

Antes de começar, vale a pena uma observação: provavelmente você está cansado de saber que a região Norte é quente, mas talvez não saiba que em Manaus o calor é de rachar a cuca, real e oficial. Esse é o recado.


Manaus é conhecida também pelo encontro das águas

Então, vamos lá! Como aproveitar as atrações manauaras sendo você natureba, urbano ou as duas coisas?

Confira minhas 11 dicas de passeios em Manaus:

1. Comece pelo peixe

Na boa, não existe culinária mais rica e saborosa que a do Norte. Os melhores peixes, frutas e temperos estão em Manaus. Então, assim que pisar nesta terra ensolarada, experimente logo de cara uma banda de Tambaqui no “O Remador”, restaurante localizado no bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul. Lá você vai comer baião-de-dois com queijo à vontade, acompanhado de farofa, vinagrete e banana frita – tudo livre!

Atenção! Depois desse banquete bem manauara, vem a famosa “leseira baré”. É assim que os amazonenses chamam aquela moleza pós almoço. O jeito é se esticar numa rede nem que seja meia horinha.

2. Conheça o Centro Histórico 

Se você almoçou, mas não deu “leseira baré”, parabéns! Você venceu a prova de resistência. Então aproveite para conhecer o Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Lá você vai encontrar muito artesanato, plantas, peixes, remédios naturais, ervas, grãos... tudo regional. É uma feira bem bonita que vale a pena ser conhecida. 

Ali pela região do mercado também está o Porto de Manaus, que é considerado o maior porto flutuante do mundo. Dê uma caminhada pelas redondezas e, se ficar até o fim da tarde, poderá prestigiar um belíssimo pôr-do-sol.


Passeios em Manaus: Mercado Municipal

3. Mato, rio e sol

Se você já chega sedento por natureza, aqui vai a primeira dica: Balneário Ecológico e Restaurante 3 Irmãos. O espaço fica no município de Iranduba, colado com Manaus, e oferece pratos típicos deliciosos, um espaço muito arborizado, rio de águas frias e um clima agradável. Vale a pena passar uma tarde inteira por lá.

Para chegar no balneário, você passará pela Ponte Rio Negro. Admire a paisagem exuberante enquanto percorre os 7 km de ponte. O rio é lindo, o solzão ainda mais!

4. Noitada de leve

Se quiser começar a explorar a noite de Manaus numa boa, lá pelas 20h você pode comer pipoca ou algodão doce num clima bastante provinciano, enquanto admira o suntuoso Teatro Amazonas

Lá no Largo São Sebastião, além do teatro, você tem diversas opções interessantes: barzinho, sorveteria, pizzaria, café e o famoso tacacá. 

Esporadicamente, nas redondezas também acontece eventos musicais com artistas da cidade. É uma experiência bem legal, vale a pena!


Passeios em Manaus: Mercado Municipal

5. Chegou a vez do Tucumã

Agora que você já está mais familiarizado com a gastronomia local, tá na hora de ficar bem caboquinho, manazinha.

A Feirinha do Parque 10 é uma maravilha! Sempre cheia aos fins de semana, o lugar oferece o que há de melhor no café de todo manauara: tapioca com tucumã, queijo coalho e banana frita – a famosa x-caboquinha! 

Talvez você precise esperar alguns minutos para conseguir mesa, but that’s fine. O sabor não decepciona e o preço é justo. 

Caso você queira uma segunda opção, o Parque do Mindu também possui um café da manhã de primeira. O valor é um pouco superior, mas em compensação você come o quanto quiser.

Aproveite e conheça o parque. O lugar está um pouco abandonado, mas ainda assim compensa a caminhada por suas trilhas e espaços de convivência.

Ah! Se você se apaixonou pelo peixe amazônicos, o restaurante Tambaqui de Banda é outra excelente alternativa. Você vai gastar um pouquinho mais pela experiência.

6. Um passeio cosmopolita

Você já foi avisado sobre o calor de Manaus, certo? Entre 11 e 16 horas, a situação é crítica. Vamos evitar passeios a espaços abertos neste horário, ok

Para se proteger do sol e curtir uma tarde tipicamente urbana, lugares com ar-condicionado são tendência entre os manauaras: Waku-Sese do Vieiralves (a marca de açaí mais tradicional de Manaus) e o Shopping Manauara (que tem uma arquitetura única e vasta opções de compras, cinema e alimentação). 

Se quiser um delicioso café gourmet, o One Coffee (também no Vieiralves) tem opções geladas, chás, sucos e comidinhas gostas. Sorvete regional é na Glacial, ok? Prefira os sabores cupuaçu, buriti ou taperebá para ter um experiência peculiar.

Vale também fazer um passeio de carro pela Ponte Rio Negro, caso você ainda não a tenha conhecido.


Passeios em Manaus: Ponte do Rio Negro

7. Urbano com natureza

No fim da tarde, antes do pôr-do-sol, o point é o Parque da Ponta Negra. O local é um importante cartão postal da cidade e tem uma combinação interessante de edifícios luxuosos com paisagem natural. 

Além disso, a caminhada à margem do Rio Negro é cheia de quiosques de artesanatos, água de coco, churrasquinho, milho cozido, churros, sorvete e, claro, tacacá e açaí. As crianças se divertem e os pais contemplam a praia do Rio Negro. Lá você também consegue experimentar o sorvete regional de cupuaçu.

Algumas pessoas se banham no rio e curtem a praia.  Outros ficam receosos de mergulhar num rio de águas tão escuras. Mas não tem perigo. Pode ir!

8. Fim de semana

Em Manaus, as melhores festas acontecem no fim de semana. As casas de forró são muito populares na cidade, mas outros ritmos também animam as noites amazonenses. 

Se você pedir sugestão a QUALQUER morador, provavelmente as duas respostas mais ouvidas serão: Porão do Alemão e All Night. 

Porão do Alemão é um pub de rock com bandas ao vivo. O lugar é bem arrumadinho, luz baixa, com petiscos deliciosos, bebida gelada e muita gente! O All Night agrada a turma do sertanejo. Essa é dica é para quem tá afim de gastar um pouco mais para curtir um ambiente mais sofisticado.

Para quem quer mais opções, o Vieiralves é o endereço certo porque possui dezenas de bares, restaurantes e ambientes com música ao vivo, tocando desde pagode a música pop. Salomé, Bar do Elon, Sindicato e Old Sailor são algumas possibilidades bem legais.

9. Um dia inteiro bem natureba

Seu destino será Presidente Figueiredo, município que fica a 107 km da capital e possui belíssimas cachoeiras. 

Saia de Manaus por volta das 7h da manhã, dê uma paradinha no Café da Priscila para conhecer uma tapioca x-caboquinha com muita castanha do pará. Siga viagem, chegue em Presidente Figueiredo e faça sua primeira parada na Cachoeira de Iracema

O acesso é fácil e o caminho é todo sinalizado. Depois, você tem muito mais para aproveitar: Santuário, Pedra Furada e, se tiver mais fôlego para caminhar, siga a trilha da cachoeira do Mutum.

Na hora do almoço... adivinha? Mais peixe! Em Presidente Figueiredo tem restaurantes maravilhosos. Nem só de tambaqui vive a cozinha amazonense. Experimente a caldeirada de tucunaré, o pacu frito, a matrinxã assada, o pirarucu guisado ou a carne de sol se você quiser variar.

Volte antes das 17h. Depois disso a estrada fica um pouco agitada e, muito provavelmente, você estará exausto. Cachoeira dá uma canseira!


Passeios em Manaus: próximo a cidade de Presidente Figueiredo

10. Para todos os gostos

Aos domingos, acontece a tradicional Feirinha da Eduardo Ribeiro, com artesanato e comidinhas típicas no centro da cidade. É a sua chance de experimentar o tucumã, caso ainda não o tenha feito. Por lá sempre rola uma farofa de carne seca ou jabá

Depois do café, você tem a alternativa de passear novamente pelo Teatro Amazonas, que fica bem próximo, ou visitar o Museu da Cidade de Manaus, o Museu do Índio e praças bem interessantes como a Praça da Saudade e Praça da Polícia – todos estes localizados no Centro.

O Museu da Amazônia não pode faltar na sua visita. Instalado na Reserva Adolfo Ducke, o MUSA é uma área ambiental com dezenas de atrativos, Jardim Botânico, Laboratórios experimentais e Exposições que farão você se sentir no coração da Amazônia de verdade. 

Para finalizar a visita, conheça a Torre de Observação que possui 42 metros de altura. É uma vista espetacular. Muitas árvores e pássaros para lembrar de Manaus com carinho.

11. Flutuantes

Para finalizar, que tal curtir uma comidinha gostosa num flutuante animado? No Amazonas, flutuantes são estabelecimentos construídos sobre um pavimento ou "chão" de madeira que flutuam sobre rios. Sem sair da cidade! Existem bares, restaurantes, baladinhas e até pousadas flutuantes. 

No Flutuante Sun Paradise  dá pra beber, pedir petiscos, almoçar e tomar muito sol e banho de rio. O local é movimentado e toca, principalmente, música eletrônica e funk. Essa é sua praia? Então se joga!

Caso queira substituir o flutuante animado por outro mais sossegado, o Nativos é a escolha perfeita. Você vai comer bem e mergulhar bastante sem barulho e com muito mais privacidade.

Opa! Agora você tem um roteirinho massa para conhecer Manaus. Algumas coisas bem legais ficaram de fora, como o passeio de barco para o Encontro das Águas, a visita a Aldeia Indígena Dessana e a experiência de nadar com os botos. Para isso, estique um pouco mais sua viagem e aproveite tudo que a região pode oferecer.

É isso, maninhas e maninhos. Um beijo com sabor de cupuaçu.


Df2fce338bc2c1dee1d7f0d5c7b6f8c7

Fev 13, 2019

“Minha vida é andar por este país, pra ver se um dia descanso feliz..."


Gostou? Não esqueça de deixar Luan saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor