O que fazer na argentina em 7 dias: sugestões de roteiros completos

Descubra o que fazer na argentina em 7 dias ! De Buenos Aires a Bariloche, Salta e Jujuy, explore paisagens incríveis e mergulhe na cultura local.

15min

o-que-fazer-na-argentina-em-7-dias

Descubra o que fazer na Argentina em 7 dias! Com roteiros emocionantes que vão desde a agitação de Buenos Aires até as paisagens incríveis de Bariloche, Salta e Jujuy. Explore a cultura, a história e a natureza deslumbrante deste país em uma viagem inesquecível. 

Além disso, aprenda como ter hospedagem gratuita e vivenciar a cultura local por meio do voluntariado da Worldpackers. Prepare-se para uma semana cheia de aventuras enquanto exploramos o melhor da Argentina em apenas sete dias!

O que fazer na Argentina em 7 dias: roteiros

Com muitas opções de cidades e atrativos para conhecer, se você tem uma semana na Argentina, é preciso se organizar para aproveitar ao máximo. Há quem prefira esquiar em Bariloche ou dar uma voltinha no "fim do mundo", como é conhecida a Ushuaia, ao extremo sul do país.

Já a queridinha da grande maioria dos turistas, a capital da Argentina é a mais escolhida para fazer passeios e explorar. Assim, preparei sugestões de roteiros do que fazer na Argentina em 7 dias, começando em Buenos Aires e partindo para diversas regiões do país. Aqui estão:

1. Buenos Aires + Mendoza

Em Buenos Aires, você pode explorar o bairro colorido de La Boca, conhecido por suas casas coloridas e pelo estádio de futebol La Bombonera. Visite também o icônico Obelisco e assista a uma apresentação de tango em San Telmo

Em Mendoza, aproveite para fazer um tour pelas vinícolas da região, como Maipú e Luján de Cuyo, onde você pode experimentar alguns dos melhores vinhos argentinos. Além disso, a cidade é um paraíso para os amantes de atividades ao ar livre, com opções como rafting no rio Mendoza, trekking nas montanhas dos Andes e até mesmo parapente para os mais aventureiros.

Mendoza fica a cerca de 1.000 km da capital argentina. De avião, a viagem geralmente leva em torno de 1 hora e 45 minutos a 2 horas. Por outro lado, de ônibus, o tempo pode variar, mas normalmente leva entre 13 a 15 horas. Portanto, ao planejar seu roteiro, lembre-se de reservar um dia para esse deslocamento, dependendo do meio de transporte escolhido.

Dia 1-3: Explore Buenos Aires

  • Comece sua viagem em Buenos Aires, explorando os pontos turísticos emblemáticos da cidade, como o bairro de La Boca, conhecido por suas casas coloridas e pelo estádio de futebol.
  • Não deixe de visitar o Obelisco, um dos marcos mais reconhecidos da cidade, e o majestoso Teatro Colón, que oferece visitas guiadas para conhecer sua história e arquitetura.
  • Reserve um tempo para se perder nas charmosas ruas de Palermo, onde você encontrará uma variedade de restaurantes, bares, lojas e galerias de arte. Aproveite a vida noturna animada, com opções que vão desde bares sofisticados até clubes de tango tradicionais.

Dia 4-7: Viaje para Mendoza

  • Após explorar Buenos Aires, embarque em uma viagem para Mendoza, seja de avião ou ônibus, e prepare-se para explorar a região vinícola.
  • Dedique seu tempo em Mendoza para visitar algumas das vinícolas mais famosas da região, como Catena Zapata, Achaval-Ferrer, Trapiche ou Norton, onde você poderá fazer degustações de vinhos e aprender sobre o processo de produção.
  • Uma atividade popular na região é fazer passeios de bicicleta pelos vinhedos, permitindo que você aprecie a paisagem enquanto visita diversas vinícolas.
  • Para os mais aventureiros, há a opção de praticar rafting no rio Mendoza, uma emocionante experiência que combina adrenalina com a beleza natural da região.
  • Além disso, não perca a oportunidade de fazer uma caminhada nas montanhas dos Andes, onde você poderá apreciar belas vistas e entrar em contato direto com a natureza.


O que fazer na argentina em 7 dias: Mendonza

2. Buenos Aires + Salta

Em Buenos Aires, além dos pontos turísticos já mencionados, você pode passear pelo bairro de Palermo, conhecido por suas áreas verdes, lojas boutique e restaurantes da moda. Visite também o histórico bairro de San Telmo, onde aos domingos ocorre uma animada feira de antiguidades.

Em Salta, explore o centro histórico da cidade, com sua arquitetura colonial bem preservada. Não deixe de visitar o Cerro San Bernardo para uma vista panorâmica da cidade. Faça uma excursão às Salinas Grandes, um vasto deserto de sal branco que é uma visão impressionante. E descubra as coloridas formações rochosas das Quebradas de Humahuaca.

A distância entre Buenos Aires e Salta é de cerca de 1.500 km. Viajar de avião é a opção mais comum, levando aproximadamente 2 horas e 30 minutos. Principais companhias aéreas incluem Aerolíneas Argentinas, LATAM Argentina e Flybondi. Alternativamente, ônibus é uma opção, porém pode levar de 20 a 24 horas, dependendo da companhia e do itinerário escolhidos.

Dia 1-3: Descubra Buenos Aires

  • Comece sua jornada em Buenos Aires explorando o charmoso bairro de San Telmo, conhecido por suas ruas de paralelepípedos, arquitetura colonial e feiras de antiguidades aos domingos.
  • Não deixe de visitar a icônica Plaza de Mayo, onde você encontrará a Casa Rosada, sede do governo argentino, e outros edifícios históricos importantes.
  • Passeie pelo elegante bairro de Recoleta, famoso por suas lojas de grife, cafés requintados e galerias de arte.
  • Aproveite a gastronomia local, que oferece uma variedade de pratos deliciosos, desde churrascarias tradicionais até restaurantes que servem pratos internacionais.

Dia 4-7: Viaje para Salta

  • Embarque em uma viagem para Salta, uma cidade encantadora que não pode ficar de fora do seu roteiro do que fazer na argentina em 7 dias. 
  • Explore as Salinas Grandes, um vasto deserto de sal que se estende por quilômetros, proporcionando experiências únicas.
  • Visite as Quebradas de Humahuaca, uma área de paisagens deslumbrantes e cidades históricas, como Purmamarca e Tilcara, que oferecem uma visão fascinante da história e cultura da região.
  • Não perca a oportunidade de visitar as vinícolas de Cafayate, onde você pode degustar vinhos excepcionais, especialmente os famosos vinhos brancos Torrontés.
  • Além disso, aproveite para explorar a cidade de Salta, com sua arquitetura colonial, igrejas barrocas e praças pitorescas, onde você pode experimentar a vida cotidiana e a hospitalidade do povo argentino.

O que fazer na argentina em 7 dias: Salta

3. Buenos Aires + Bariloche

Em Buenos Aires, além dos atrativos já mencionados, reserve um tempo para visitar o icônico bairro de Recoleta, onde está o famoso cemitério e o Centro Cultural Recoleta. Experimente também os deliciosos pratos da culinária argentina, como o bife de chorizo e as empanadas.

Em Bariloche, aproveite paisagens deslumbrantes dos Lagos Andinos. Faça um passeio de barco pelo Lago Nahuel Huapi, visite o Cerro Catedral para esquiar ou fazer snowboard (no inverno). Ou caminhe até o Cerro Campanario para uma vista panorâmica de tirar o fôlego. Não se esqueça de experimentar o famoso chocolate artesanal de Bariloche.

Bariloche e Buenos Aires estão a cerca de 1.600 km de distância. Voar é a opção mais rápida, levando cerca de 2 horas e 30 minutos, com Aerolíneas Argentinas e LATAM Argentina. Ônibus é uma alternativa, mas pode levar de 18 a 20 horas.

Dia 1-3: Explore Buenos Aires

  • Comece sua jornada em Buenos Aires explorando o histórico bairro de San Telmo, conhecido por sua atmosfera boêmia. Não deixe de visitar a famosa Feira de San Telmo aos domingos, onde você encontrará uma variedade de antiguidades, artesanato e apresentações de tango.
  • Reserve um tempo para fazer um passeio de barco pelo Rio de la Plata e apreciar a vista panorâmica da cidade a partir das águas. Você pode optar por um passeio curto durante o dia ou um romântico passeio ao pôr do sol.
  • Explore a culinária local de Buenos Aires, comendo em restaurantes tradicionais de carne, conhecidos como parrillas, ou experimentando pratos típicos argentinos, como empanadas, choripán e medialunas.

Dia 4-7: Viaje para Bariloche

  • Embarque em um voo de Buenos Aires para Bariloche e prepare-se para explorar uma das regiões mais atrativas quando pensamos em o que fazer na Argentina em 7 dias.
  • Dedique seu tempo em Bariloche para fazer caminhadas no Parque Nacional Nahuel Huapi, onde você encontrará trilhas que levam a mirantes espetaculares, lagos e cachoeiras impressionantes. 
  • Não deixe de visitar o Cerro Campanario, onde você pode subir de teleférico para apreciar uma das vistas mais deslumbrantes da região.
  • Se estiver visitando durante o inverno, aproveite para praticar esportes de neve, como esqui ou snowboard nos famosos centros de esqui: Cerro Catedral e Cerro Otto. Durante o verão, você pode curtir atividades como rafting, passeios de bicicleta e pesca.
  • Além das atividades ao ar livre, explore a atmosfera alpina de Bariloche, passeando pela charmosa cidade, visitando lojas de chocolate artesanais e experimentando a deliciosa culinária local.

O que fazer na argentina em 7 dias: Bariloche

4. Salta e Jujuy

Explore as belas paisagens do noroeste argentino, começando por Salta, onde você pode fazer um passeio pelo Tren a las Nubes, uma jornada de trem pelas montanhas que oferece vistas espetaculares. Visite também as vinícolas de Cafayate e as formações rochosas de Quebrada de las Conchas.

Em Jujuy, descubra as Salinas Grandes, um vasto deserto de sal branco que se estende até o horizonte. Visite também os povoados de Purmamarca, Tilcara e Humahuaca, onde você pode explorar mercados de artesanato e aprender sobre a cultura local.

A distância entre Salta e Jujuy é de cerca de 190 km. Os viajantes podem optar por ônibus, carro particular ou táxi, levando em média 2 a 3 horas de carro. O trajeto oferece vistas panorâmicas das paisagens do noroeste argentino.

Dia 1: Chegada em Salta

  • Comece sua jornada chegando em Salta, explore o centro histórico da cidade, visitando a Plaza 9 de Julio, a Catedral de Salta e o Museu de Arqueologia de Alta Montaña (MAAM), que abriga os famosos "Meninos da Llullaillaco", múmias incas bem preservadas.
  • À noite, desfrute da gastronomia local em um dos muitos restaurantes tradicionais que oferecem pratos regionais, como empanadas salteñas e locro, um ensopado de carne e milho.

Dia 2: Quebradas de Cafayate

  • Parta cedo de Salta em direção a Cafayate, uma pequena cidade famosa por seus vinhedos e formações rochosas. No caminho, você passará pelas impressionantes Quebradas de Cafayate, onde poderá admirar paisagens de tirar o fôlego, como a Garganta do Diabo e o Anfiteatro.
  • Ao chegar em Cafayate, explore as vinícolas da região e desfrute de degustações de vinhos em bodegas locais.

Dia 3: Salinas Grandes e Purmamarca

  • Deixe Cafayate e siga em direção às Salinas Grandes, um vasto deserto de sal localizado entre as províncias de Salta e Jujuy. Tire fotos impressionantes nesse cenário único e aproveite para caminhar sobre o sal.
  • Continue sua viagem até Purmamarca, um charmoso vilarejo conhecido por sua montanha colorida, o Cerro de los Siete Colores. Explore a feira de artesanato local e experimente pratos típicos da região, como o delicioso tamal.
  • Pernoite em Purmamarca.

Dia 4: Tilcara e Humahuaca

  • Pela manhã, visite a cidade de Tilcara, onde você pode explorar as ruínas pré-colombianas de Pucará de Tilcara e apreciar vistas panorâmicas do Cerro Negro.
  • Em seguida, siga para Humahuaca, uma cidade colonial encantadora situada nas montanhas. Explore a Plaza de Armas, a Igreja de Santa Bárbara e o Monumento à Independência.
  • Retorne a Purmamarca para pernoitar.

Dia 5: Iruya

  • Parta cedo em direção a Iruya, uma vila remota situada em um vale profundo na Cordilheira dos Andes. A estrada para Iruya oferece paisagens espetaculares, com vistas das montanhas e dos vales.
  • Ao chegar em Iruya, explore as ruas estreitas e sinuosas da vila, visite a igreja local e curta a tranquilidade e beleza natural do local.
  • Pernoite em Iruya.

Dia 6: Retorno a Salta

  • Após o café da manhã em Iruya, comece sua viagem de retorno a Salta, aproveitando novamente as vistas ao longo do caminho.
  • Ao chegar em Salta, aproveite seu tempo livre para fazer compras, explorar mais da cidade ou relaxar em um café na Plaza 9 de Julio.
  • Pernoite em Salta.

Dia 7: Retorno

  • Em seu último dia, aproveite para fazer algumas últimas compras de souvenirs e lembranças antes de seu voo de retorno a casa.

O que fazer na argentina em 7 dias: Salinas Grandes

5. Bariloche e San Martin de los Andes

Em Bariloche, além das atividades já mencionadas, visite o Parque Nacional Nahuel Huapi para explorar suas trilhas e lagos cristalinos. Não perca também a chance de fazer um passeio de teleférico até o Cerro Catedral.

Em San Martin de los Andes, aproveite uma atmosfera mais tranquila e relaxante. Faça caminhadas pelas trilhas do Parque Nacional Lanín, navegue pelo Lago Lácar ou faça um passeio de bicicleta pela Rota dos Sete Lagos, uma estrada cênica que conecta San Martin de los Andes a Villa La Angostura.

A distância entre Bariloche e San Martin de los Andes é de cerca 230 km. Os viajantes têm opções de carro, ônibus ou transfer para realizar essa viagem, que geralmente leva de 3 a 4 horas de carro ou 4 a 5 horas de ônibus. 

Dia 1-3: Bariloche

  • Em Bariloche, aproveite para fazer uma caminhada até o Cerro Otto para apreciar vistas panorâmicas da região. Ou visite o Parque Nacional Nahuel Huapi, onde é possível explorar suas trilhas e desfrutar de seus lagos cristalinos, como o Lago Moreno e o Lago Nahuel Huapi.

  • Não perca a chance de fazer um passeio de teleférico até o Cerro Catedral, uma das principais montanhas da região, onde você pode apreciar vistas espetaculares e até mesmo praticar esportes de inverno, dependendo da estação. Já anote esse imperdível atrativo para a sua lista de o que fazer na Argentina em 7 dias!
  • À noite, explore a animada vida noturna da cidade, com seus bares, restaurantes e casas de chocolate.

Dia 4-7: San Martin de los Andes

  • Parta para San Martin de los Andes e aproveite uma atmosfera mais tranquila e relaxante. Explore as trilhas do Parque Nacional Lanín, onde você poderá fazer caminhadas e apreciar a natureza, incluindo bosques de araucárias e montanhas imponentes.
  • Navegue pelo Lago Lácar, que oferece vistas deslumbrantes das montanhas circundantes. Ou faça um passeio de bicicleta pela Rota dos Sete Lagos, uma estrada cênica que leva você através de paisagens de tirar o fôlego, incluindo lagos cristalinos, florestas e montanhas.
  • Aproveite para relaxar à beira do lago, fazer um piquenique ou praticar atividades ao ar livre, como pesca ou caiaque.
  • Explore o charmoso centro de San Martin de los Andes, com suas lojas de artesanato, galerias de arte e cafés acolhedores, onde você pode saborear pratos locais e delícias regionais.

O que fazer na argentina em 7 dias: San Martin de Los Andes

Roteiro de 7 dias em Buenos Aires

Para um roteiro de 7 dias em Buenos Aires, você pode explorar a cidade em detalhes, mergulhando na cultura, história e gastronomia. Aqui está um exemplo de roteiro:

Dia 1: Chegada em Buenos Aires

  • Chegue à cidade e faça o check-in na sua hospedagem.
  • Reserve a tarde para explorar os arredores do seu alojamento, talvez dando um passeio pelo bairro para se familiarizar com a área.
  • À noite, jante em um dos muitos restaurantes excelentes da cidade e curta um pouco da culinária argentina.

Dia 2: Centro Histórico e Recoleta

  • Comece o dia explorando o centro histórico de Buenos Aires. Visite a Plaza de Mayo, onde fica a Casa Rosada, e o Cabildo.
  • Em seguida, caminhe até o bairro de San Telmo, conhecido por suas ruas de paralelepípedos e pela Feira de San Telmo (se estiver ocorrendo no dia).
  • À tarde, dirija-se ao bairro de Recoleta. Visite o famoso cemitério onde está o túmulo de Eva Perón, ex-primeira-dama da Argentina, e dê um passeio pelo bairro, aproveitando as lojas e cafés.

Dia 3: Palermo e Bosques de Palermo

  • Dedique o dia para explorar o bairro de Palermo. Visite o Jardim Botânico e o Jardim Japonês.
  • Faça uma caminhada ou alugue uma bicicleta para explorar os Bosques de Palermo.
  • À noite, aproveite a vida noturna vibrante deste bairro, com seus bares, restaurantes e casas de show.

Dia 4: La Boca e Caminito

  • Visite o colorido bairro de La Boca, conhecido pelo estádio La Bombonera e pela rua Caminito, cheia de casas coloridas e artistas de rua.
  • Se estiver interessado, você pode visitar o Museu de Arte Contemporânea ou o Museu de Belas Artes.
  • À noite, assista a uma apresentação de tango em um dos muitos locais da cidade.

Dia 5: Puerto Madero e Reserva Ecológica

  • Explore Puerto Madero, uma área moderna da cidade com muitos restaurantes e bares à beira do rio.
  • Faça uma caminhada pela Reserva Ecológica Costanera Sur, um refúgio verde no meio da cidade.
  • À noite, desfrute de um jantar em um dos restaurantes de Puerto Madero, aproveitando a vista para o rio.

Dia 6: Dia livre

  • Reserve este dia para explorar qualquer atração que tenha perdido ou simplesmente relaxe e absorva a atmosfera da cidade.
  • Você pode querer fazer compras na Avenida Santa Fé ou visitar o Museu MALBA, para arte latino-americana contemporânea.

Dia 7: Partida

  • Dependendo do horário do seu voo, aproveite suas últimas horas na cidade para fazer qualquer última visita ou compra que queira.

Este roteiro oferece uma boa visão geral de Buenos Aires, cobrindo os principais bairros e pontos turísticos da cidade. É claro que você pode personalizar de acordo com seus interesses específicos e tempo disponível. 


O que fazer na argentina em 7 dias: Buenos Aires

Imersão cultural e hospedagem gratuita na Argentina

Descubra a Argentina de uma forma econômica e autêntica através do voluntariado da Worldpackers (WP), uma plataforma que oferece imersão cultural e hospedagem gratuita em troca de trabalho voluntário. 

Ao se voluntariar, você terá a oportunidade de vivenciar a cultura local de uma maneira única, interagindo com moradores locais e compartilhando experiências com outros viajantes.

O funcionamento do voluntariado WP é simples: os anfitriões oferecem hospedagem gratuita em troca de algumas horas de trabalho voluntário por dia. As tarefas variam de acordo com o anfitrião e podem incluir ajudar em hostels, ecovilas, projetos de sustentabilidade, ensinar idiomas, trabalhar em fazendas orgânicas, entre outros.

Ao se voluntariar com a Worldpackers, você não apenas economiza em hospedagem, mas também tem a chance de fazer parte de iniciativas locais, aprender novas habilidades, praticar idiomas estrangeiros e construir amizades significativas ao longo do caminho. 


O que fazer na argentina em 7 dias: Voluntariado na Argentina

Existem várias vagas disponíveis em diferentes cidades da Argentina. Por exemplo, em Buenos Aires, você pode encontrar oportunidades para ajudar em hostels, como o Voyage Recoleta Hostel e homestays, como o Bogota St. Juke-Joint

Em Mendoza, você pode participar da equipe de hostels, como o Gorilla Hostel, ou de um projeto ecológico, como o Kultrum - ecohuerta y bioconstrucción.

Em Bariloche, há diversas vagas, como essa em camping/projeto de permacultura nos pés da Cordilheira dos Andes. Já em Salta e Jujuy, você pode se envolver em projetos sustentáveis em um Ecolodge.

Além dessas oportunidades, há muitas outras vagas de voluntariado na Argentina. Confira!

Planejando uma viagem para a Argentina


O que fazer na argentina em 7 dias: Planejando sua viagem

Agora que você já sabe o que fazer na Argentina em 7 dias, vamos entrar em alguns detalhes importantes na hora de planejar sua viagem:

Qual a melhor época para ir à Argentina?

A melhor época para visitar a Argentina depende muito das suas preferências e do que você pretende fazer durante a viagem. No geral, a primavera (setembro a novembro) e o outono (março a maio) são considerados os melhores períodos, pois as temperaturas são mais amenas e há menos turistas. 

No entanto, se você estiver indo para a Patagônia ou para a região dos Andes para esquiar, o inverno (junho a agosto) pode ser a melhor época. Já se estiver planejando visitar o norte argentino, como Salta e Jujuy, o verão (dezembro a fevereiro) pode ser mais agradável, apesar de ser a temporada de chuvas.

O que é preciso para entrar na Argentina?

Para entrar na Argentina como turista, os cidadãos brasileiros geralmente precisam apenas de um passaporte válido ou carteira de identidade. Porém, é sempre bom verificar as exigências atuais de entrada no país, pois elas podem mudar.

Quanto tempo ficar na Argentina?

O tempo ideal para ficar depende muito do que você deseja fazer e das regiões que pretende visitar. Se você estiver planejando uma viagem apenas para Buenos Aires, alguns dias (3 a 5 dias) podem ser suficientes para explorar a cidade e seus arredores. 

No entanto, se você pretende explorar diferentes regiões, como a Patagônia, o norte argentino ou a região dos vinhos em Mendoza, é recomendável ficar pelo menos 10 a 14 dias para aproveitar ao máximo as diferentes atrações.

Como se locomover pela Argentina?

A Argentina possui uma boa infraestrutura de transporte, o que facilita a locomoção pelo país. Algumas opções incluem:

  • Avião: Para distâncias longas entre cidades, como de Buenos Aires para Bariloche ou Salta, voar pode ser a opção mais rápida e conveniente.
  • Ônibus: A Argentina possui uma extensa rede de ônibus, com empresas que oferecem viagens confortáveis e econômicas para diferentes destinos no país. É uma opção popular para viagens dentro do país, especialmente para distâncias médias.
  • Trem: Embora o sistema ferroviário argentino não seja tão extenso quanto o de outros países, existem algumas rotas de trem cênicas, como o Tren a las Nubes em Salta e o Trem Patagônico na região da Patagônia.
  • Aluguel de carro: Para quem prefere ter mais liberdade e flexibilidade durante a viagem, alugar um carro pode ser uma boa opção, especialmente se estiver planejando explorar áreas rurais ou fazer uma road trip.

Independentemente do meio de transporte escolhido, é importante verificar as condições das estradas, horários de transporte e reservar passagens com antecedência, especialmente durante períodos de alta temporada.

Se você gostou dessas sugestões de roteiros do que fazer na argentina em 7 dias , siga as redes sociais da Worldpackers para acompanhar as novidades: estamos no Instagram, no Tiktok e no YouTube!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor

Mais sobre esse tema