Como sair da minha zona de conforto e botar o pé na estrada

Você sente que não se encaixa mais no ambiente onde está, vive planejando viagens e não vê a hora de se sentir um pouquinho mais vivo? Esse texto é exatamente pra você.


4f8eacb625ebcaf1f4b402cbb57d168d

Izabela

Abr 25, 2019

Fotógrafa, bióloga, escritora, cantora e o mais importante: livre! Sonho em conhecer esse mundo e mostrar o que eu conheci para todos. E se eu nã...

Dicas de como sair da zona de conforto

Steve Jobs uma vez disse que: "se hoje fosse o último dia de minha vida, queria fazer o que vou fazer hoje?". Caso você fizesse essa pergunta para si mesmo agora, qual seria a sua resposta? 

Para ele, se a resposta fosse "não" muitos dias seguidos, sabia que precisava mudar algo. Essa resposta é o primeiro passo para sair da sua zona de conforto, começar a planejar sua viagem e botar o pé na estrada!

Na hora de pensar na sua viagem, qual é sua maior insegurança? Falta de companhia, medo de viajar ou falta de dinheiro? Se você identifica com algumas ou todas dessas opções, nesse artigo você encontrará algumas dicas para se livrar de vez do peso que te impede de viajar e sair da sua zona de conforto.

1. Se o que te impede de viajar é falta de companhia:

Estar sozinho é um medo natural, e essa é uma das maiores justificativas de quem adia uma viagem mesmo que seja um grande  sonho ir. 

É preciso respeitar os medos antes de tentar superar, entendendo que nem sempre o seu tempo é o mesmo que o de outra pessoa. Algumas pessoas conseguem superar seus medos rapidamente e outras demoram mais tempo e está tudo bem! 

Uma maneira simples e fácil é tentar começar a perder o medo aos poucos, indo, por exemplo, em um restaurante almoçar sozinho, ao cinema ou até mesmo em um barzinho. Acostumar-se aos poucos a ser sua própria companhia mostra que não é preciso temer estar só. 

No Facebook também é possível acompanhar processos de viagens de outras pessoas que decidiram sair da sua zona de conforto e começar a viajar, desde pessoas que querem fazer pequenos passeios sozinhos até as que largaram tudo para viver viajando. Exemplo de alguns grupos: "Viajar Sozinha - Dicas" ou "Mochileiros Pobres".

2. Você não sai da sua zona de conforto por medo?

Além do medo de estar sozinho, é possível compreender que muitas pessoas se sentem inseguras de viajar para lugares que não tem conhecimento prévio, principalmente quando se é mulher, mas é possível encontrar listas de lugares mais seguros para se viajar no Brasil e no exterior

O índice de violência é calculado estatisticamente, nos mostrando em números lugares onde nos sentiríamos mais seguros em estar. Lembre-se, em qualquer circunstância é sempre bom estar atento aos lugares que frequenta, perguntar para moradores locais ou para amigos que já estiveram onde você deseja ir, dessa maneira você já sabe em quais lugares é legal ou não ir.

Se o seu medo de viajar é correr o risco de colocar tudo a perder, não é necessário tomar decisões tão drásticas para iniciar sua viagem. Inicie sua jornada com pequenas viagens esporadicamente, escolhendo locais novos e com diferentes atrativos. Comece a pensar em diferentes maneiras de ganhar dinheiro enquanto viaja, com uma rotina mais flexível fazendo algo que se ama. 

Aqui mesmo no site da Worldpackers é possível encontrar artigos que conte um pouco mais sobre o nomadismo digital ou como ganhar dinheiro fotografando viajando, os artigos não são focados apenas para profissionais da área, então é possível ganhar dinheiro mesmo sendo um fotógrafo amador com um equipamento não tão bom assim. Quanto mais você conseguir se planejar e encontrar métodos de descolar a sua grana viajando, mais fácil será tomar a decisão de sair do conforto e ir para a estrada! 


Homem enfrentando seus medo e andando de caiaque sozinho no mar

3. Se um dos seus maiores medos de viajar é a falta de dinheiro:

É possível realizar viagens com pouco investimento sim! O voluntariado é uma ótima opção para quem deseja botar o pé na estrada e possui um orçamento limitado. 

Além de acabar com a insegurança de fazer uma viagem sozinho, pois no voluntário você tem a chance de conhecer pessoas de diferentes lugares do mundo,  você economiza uma grana em hospedagem. Alguns lugares que oferecem também a alimentação, tudo depende do que for combinado com o anfitrião! 

Fazer um planejamento mensal também é uma boa, colocar em mente uma viagem específica que você sonha em fazer, mesmo que você altere o seu destino depois, é mais fácil guardar o dinheiro para algo que tornamos mais concreto. Fazer tabelas de gastos mensais e mirar no objetivo que temos em mente é ótimo! Tudo bem que economizar não é um dos desafios mais fáceis, mas focar nos benefícios da sua futura viagem torna mais prazeroso.

Tomar a decisão de viver de forma diferente do que o costume não é fácil, requer coragem, persistência e dedicação. É necessário enxergar a vida de outra maneira, ver a solidão como algo positivo, entender que uma viagem não foi feita para te fazer fugir do seus problemas, mas sim te tornar uma pessoa mais sábia para solucioná-los. Alterar o "mindset” significa alterar a forma como vemos a vida e essas mudanças são enriquecedoras se soubermos abraçá-las. 


4f8eacb625ebcaf1f4b402cbb57d168d

Izabela

Abr 25, 2019

Fotógrafa, bióloga, escritora, cantora e o mais importante: livre! Sonho em conhecer esse mundo e mostrar o que eu conheci para todos. E se eu nã...


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor